Vai abrir um consultório de nutrição? Veja os 6 erros mais comuns

A busca por um estilo de vida mais saudável é cada vez maior, especialmente nas grandes cidades. E, obviamente, conquistar isso passa por fazer escolhas mais saudáveis no nosso cardápio. Diante dessa realidade, o momento é bastante propício para abrir um consultório de nutrição.

No entanto, isso não pode ser feito de qualquer maneira. Como qualquer empreendimento, fazer as melhores escolhas é fundamental para o sucesso e você deve evitar os erros mais comuns que podem minar o seu negócio.

Quer descobrir quais são eles? Então confira o conteúdo a seguir:

1. Não fazer um planejamento

Um dos maiores erros que quem deseja abrir um consultório de nutrição pode cometer é tentar fazer isso sem fazer um excelente planejamento antes. É fundamental saber muito bem quais serão os passos essenciais a serem seguidos e isso ajudará o empreendedor a ter uma visão geral do seu projeto, identificando falhas e observando os pontos fortes.

Pense nas principais etapas e coloque tudo no papel. Avalie o valor do investimento, a verba disponível, o tempo de execução, o processo de legalização, a escolha dos fornecedores, os equipamentos, as necessidades prioritárias, entre outros itens. Tudo isso precisa ser resolvido antes que você comece a transformar esse sonho em realidade.

2. Desconhecer o público-alvo

Outro erro grave que uma pessoa que está querendo abrir um consultório de nutrição pode cometer é não conhecer muito bem o seu público-alvo. Isso não quer dizer que você vai deixar de atender um determinado segmento de pessoas, mas sim que você orientará o funcionamento do negócio para as necessidades, expectativas e demandas de um grupo mais específico de clientes.

Antes de mais nada, procure determinar quem serão os seus pacientes em potencial e quais são os seus objetivos. Verifique se seria interessante envolver outros profissionais, de forma a deixar a clínica mais completa e holística. Outro ponto crucial é pensar em aceitar ou não convênios e planos de saúde.

Esse conhecimento poderá orientar as escolhas seguintes e fazer com que você tenha decisões mais embasadas durante todo o resto do processo.

3. Escolher o lugar errado

Com um bom planejamento e o conhecimento adequado do seu público-alvo, o próximo passo é escolher o local para abrir um consultório de nutrição. Tenha uma certeza: escolher o lugar errado é algo que pode minar os seus resultados e tornar a sua trilha rumo ao sucesso muito mais complicada.

Lembre-se de que, antes de mais nada, o negócio precisa ter fácil acesso e deve estar de acordo com o que estabelece a legislação sanitária do Brasil. Se o seu foco for um atendimento mais popular, é mais interessante apostar em regiões centrais, com muita movimentação e boa quantidade de transportes públicos, como ônibus, trens e metrô.

Já se a sua intenção for a de atender pessoas com poder aquisitivo maior, o ideal é apostar em bairros residenciais e nobres. Nesse caso, é indispensável contar com um estacionamento próximo para que os clientes parem seus carros. Como nessa opção os custos são maiores, dividir o consultório com um ou mais colegas pode ser uma bela solução.

4. Falhar na contratação da equipe

A contratação acertada dos seus funcionários é fundamental para que você tenha êxito na abertura do seu consultório. Por esse motivo, você deve ser muito seletivo e estratégico na hora de montar a sua equipe. Lembre-se, por exemplo, que sua secretária é o cartão de visitas da clínica e, se ela não for uma ótima profissional, as pessoas podem ter uma péssima primeira impressão.

Organize entrevistas e busque colaboradores amigáveis, comunicativos e com extremo bom-senso, de preferência com experiência prévia no atendimento ao público. Observe características como postura, educação, vocabulário e paciência. Após selecionar os melhores perfis para ocupar os cargos, contrate-os por um período e analise.

Caso você julgue necessário, oferecer treinamentos e cursos também pode ser uma boa ideia. Veja isso como um investimento e não um custo, pois o resultado final trará todo o capital utilizado para aprimorar seus colaboradores de volta e multiplicado.

5. Não informatizar a empresa

Além de bons funcionários, é preciso dar condições para que eles trabalhem da melhor maneira. Por isso, informatizar o seu consultório de nutrição é muito importante. Os computadores já são praticamente obrigatórios nos mais diversos segmentos do mercado e podem ser de grande valia para o seu negócio.

Por meio dessa ferramenta, você passa um ar muito maior de profissionalismo, pode consultar informações online e ainda facilita o contato com os pacientes por meio de e-mails, por exemplo. É possível também investir em softwares especializados, que podem deixar o seu atendimento ainda mais completo e eficiente.

6. Desconhecer o poder do marketing digital

Depois de seguir todos esses passos para abrir um consultório de nutrição, chegou a hora de divulgá-lo! Por isso, é imprescindível que você tenha uma boa estratégia de marketing digital, pois essa é a maneira mais barata e eficaz de fazer a divulgação de qualquer empreendimento nos dias de hoje.

Você pode começar, por exemplo, investindo nas redes sociais. Crie uma fanpage da empresa no Facebook e convide todos os parentes, amigos e pacientes para curti-la. É essencial que você cheque periodicamente e responda as dúvidas e questionamentos das pessoas.

O Instagram também está crescendo e pode ser uma boa forma de divulgar fotos do empreendimento e imagens relacionadas com a sua área. Para os mais descolados, um canal no Youtube pode ser uma excelente opção!

Outra tática que vem se mostrando muito eficiente é a criação de um blog. Por meio desse expediente, você pode criar e compartilhar conteúdos relevantes, de forma que o público passe a enxergar você como uma referência de conhecimento no ramo, dando muito mais credibilidade para a sua clínica.

Por fim, não se esqueça do poder do e-mail marketing. Com a autorização prévia dos usuários, você pode montar um mailing interessante e enviar novidades, promoções e montar até uma newsletter com dicas nutricionais.

Esses são alguns erros que você não pode cometer ao abrir um consultório de nutrição. Gostou do conteúdo? Então confira também o nosso outro artigo sobre quais equipamentos você precisa ter na sua clínica!

Você também vai gostar

Comentários