Como ajudar um paciente a seguir o plano alimentar com precisão?

Um dos maiores desafios dos nutricionistas é conseguir fazer com que seus pacientes sigam o plano alimentar proposto e alcancem o objetivo de perder peso e manter uma alimentação saudável e equilibrada.

Para que você consiga ajudar os seus pacientes e faça com que o seu trabalho gere resultados bons e precisos, selecionamos algumas dicas importantes no post de hoje. Confira!

Aposte em um aplicativo

Para que o seu paciente tenha em mãos o plano alimentar a qualquer momento do dia, ofereça a ele uma versão digitalizada ou, ainda, um aplicativo para que ele acesse as informações de qualquer dispositivo móvel.

Os aplicativos podem enviar alertas, mostrar informações relevantes sobre determinados alimentos, medir resultados, incentivar a prática de exercícios, entre outras funções que ajudam o paciente a seguir as orientações dos nutricionistas com facilidade.

Monte um plano alimentar realista

Antes de criar o plano, conheça profundamente o seu paciente. Faça uma entrevista para saber de que tipo de comida ele gosta e como são a rotina e os hábitos alimentares dele. Dessa forma, você conseguirá criar um plano personalizado e dentro da realidade vivida pela pessoa.

As chances de um plano específico para o paciente dar certo são muito maiores do que quando o nutricionista sugere uma dieta totalmente fora da realidade da pessoa e com metas impossíveis de serem alcançadas.

Esteja sempre à disposição do seu paciente

É normal que o paciente tenha dúvidas depois da consulta, por isso, disponibilize um canal de comunicação de fácil acesso para que ele possa entrar em contato com você.

Aplicativos de bate-papo, e-mail, redes sociais ou um número de telefone profissional são ótimas e práticas opções.

Proponha soluções

A maior dificuldade atual para manter uma alimentação saudável é a falta de tempo. A rotina acelerada acaba impedindo que o paciente consiga comer somente alimentos saudáveis.

Por tanto, é seu papel, como nutricionista, sugerir restaurantes, feiras orgânicas, fornecedores de alimentos e sites que comercializam opções saudáveis para as refeições. Além disso, incentive que o paciente leve alimentos feitos em casa para comer ao longo de sua rotina de trabalho.

Celebre conquistas e motive o seu paciente

Quando o paciente alcançar as metas propostas ou fizer pequenas conquistas, parabenize-o. O elogio aumenta a autoestima e motiva os pacientes, fazendo com que eles se sintam mais animados para continuar com o plano alimentar.

Desperte o gosto pela arte de cozinhar

Proponha receitas saudáveis, fáceis e práticas que o seu paciente possa fazer em casa sem precisar ser um chefe de cozinha. Incentivar que ele cozinhe as próprias refeições é uma das maneiras mais eficazes para ajudá-lo a mudar hábitos alimentares ruins.

Mostre os benefícios do plano alimentar

Valorize todos os resultados positivos além da perda de peso, como, por exemplo, a qualidade do sono, a eficiência do sistema digestivo, o fortalecimento do sistema imunológico, entre outros.

O paciente precisa entender que o plano alimentar não tem somente a finalidade de emagrecer, mas de aumentar o bem-estar e a saúde de forma geral.

Agora que você conhece as principais formas de ajudar um paciente a seguir o plano alimentar proposto, adote essas boas atitudes no seu dia a dia e garanta resultados precisos e satisfatórios em seu consultório.

E se gostou das dicas, curta a nossa página do Facebook e siga o nosso perfil no Instagram para conferir outras informações interessantes que podem ajudar você a atender cada vez melhor os seus pacientes!

 

Acesso exclusivo para nutricionistas

Melhore os resultados dos seus pacientes!

Quero Testar

 

Você também vai gostar

Comentários