Como incorporar aplicativos de nutrição no atendimento dos consultórios

Você é um nutricionista formado que pretende abrir sua própria clínica, mas não tem ideia de como fazê-lo? Quer atrair pacientes e mantê-los interessados, e ainda melhorar a produtividade do seu consultório? Realmente, em um mercado tão competitivo, é difícil se destacar diante de tanta oferta.

Mas sabemos que a tecnologia está presente no nosso dia a dia, e está na hora de utilizá-la para a sua ascensão profissional. Afinal, já ouviu a frase “se não pode vencê-los junte-se a eles”? Pois é: hoje, há diversos aplicativos de nutrição no atendimento dos consultórios que podem te ajudar!

De fato, os softwares voltados para os nutricionistas — assim como os aplicativos para celulares que seus pacientes podem utilizar — são capazes de otimizar suas consultas, filiar pacientes e facilitar seus atendimentos.

Por isso, no post de hoje veremos 8 dicas para incorporar aplicativos de nutrição no atendimento dos consultórios. Então, continue lendo e confira com eliminar a concorrência, otimizar suas consultas e conquistar mais pacientes!

1. Utilize as redes sociais

Não há dúvida de que a divulgação de diversas profissões por meio do Facebook e Instagram está em alta. Então, por que não utilizar esses meios para a promoção dos nutricionistas também?

As redes sociais são ótimas para dar dicas rápidas a leitores interessados e atraí-los para uma consulta. Você poderá agregar muitos pacientes por meio desses aplicativos, além de oferecer informações importantes para os seus pacientes.

Nesse sentido, uma boa ideia é escrever posts com dicas de dietas e receitas, sempre se atentando aos assuntos pelos quais o seu público-alvo possa ter interesse. Procure também escrever textos que sanem dúvidas dos seus potenciais fregueses, e que os incentivem a entrar em contato com sua clínica.

2. Organize seu consultório

A tecnologia pode te ajudar também na organização das suas fichas de pacientes, principalmente se você estiver pensando em abrir uma clínica e ainda não tem secretária. Nesse caso, você pode utilizar um programa próprio para nutricionistas e diminuir a papelada! Além disso:

  • armazene as fichas dos seus pacientes por meio do software, eliminando o perigo de perder informações importantes, e tenha acesso aos dados de forma prática, sem precisar procurar em uma montanha de papéis;

  • registre com facilidade a anamnese do seu paciente, com os exames laboratoriais, histórico de doenças, sinais e sintomas e até os remédios ingeridos;

  • faça sua prescrição dietética detalhada e tenha à mão modelos de cardápios.

3. Faça cálculos e a avaliação antropométrica automaticamente

Com a ajuda de um aplicativo, você não vai precisar mais fazer cálculos durante as suas consultas! Assim, poderá utilizar o seu tempo para conhecer melhor o seu paciente, tirar suas dúvidas e planejar uma dieta mais personalizada.

Em alguns softwares, basta colocar as medidas do paciente: o percentual de gordura, massa muscular e gasto energético já serão calculados automaticamente. Isso garante a otimização do seu atendimento e uma maior satisfação dos seus pacientes.

4. Traga o diário alimentar ao alcance dos dedos

Apesar de ouvir do nutricionista o quanto é importante se ater à dieta, muitas pessoas não conseguem entender o quanto custam aquelas pequenas “escorregadas”. Ao utilizar esse instrumento seu paciente conseguirá ver com mais clareza o quanto é importante se ater ao plano alimentar proposto

Com o auxílio de aplicativos, seu paciente consegue selecionar os alimentos que consumiu, assim como a quantidade de cada um deles. Na mesma hora, o celular mostrará a quantidade calórica ingerida.

Grosso modo, essa é uma maneira de atraí-lo no planejamento dietético, demonstrando a relevância da sua participação e do seu comprometimento para atingir os resultados esperados.

5. Calcule o gasto energético em um toque

Quando seu paciente fizer exercícios, ele poderá acessar um aplicativo no celular e selecionar o tipo de atividade e sua duração — em seguida, o gasto energético será calculado na hora.

Assim, além de verificar a quantidade calórica gasta, seu paciente poderá acompanhar os tipos de atividades físicas que prefere, podendo escolher entre aquelas que gastam mais calorias, por exemplo. E aprenderá a otimizar seu gasto energético, adequando-o aos seus hábitos diários.

Alguns aplicativos ainda oferecem dicas de exercícios e montam circuitos de atividades; quase como um personal trainer ativado por um simples toque.

6. Crie histórico individual de cada paciente

Sabemos que o público que procura nutricionistas é muito variado; existem pessoas que querem perder peso, que desejam ganhar massa magra, e alguns ainda necessitam de dietas restritas. Pensando nisso, foram desenvolvidos aplicativos de nutrição no atendimento dos consultórios que oferecem acesso a um histórico individual.

Nesse espaço, ficam disponíveis as informações pessoais do paciente, dietas anteriores e o mais importante: a evolução do caso. E poder mostrar ao seu paciente todo o desenvolvimento do caso, com cada objetivo alcançado ao longo da trajetória, sem dúvidas será muito útil.

Afinal, quando uma pessoa emagrece ou ganha massa magra, é difícil ter a noção do quanto isso modificou a sua qualidade de vida. Geralmente, não lhe é tão clara a lembrança de como era antes do acompanhamento nutricional. Por isso, relembrá-la de tempos em tempos pode encorajá-la a continuar sendo seu paciente.

7. Acompanhe o peso de seus pacientes

Alguns aplicativos têm um espaço destinado às pesagens diárias ou semanais. Com eles, seu paciente pode se pesar em casa e acompanhar a própria evolução. E isso é particularmente bom porque, ao se deparar com resultados positivos, o paciente tende a ficar mais motivado e a permanecer focado em seu objetivo.

O que não significa, contudo, que ele não precisará mais ir às consultas, mas sim que os seus atendimentos serão mais bem aproveitados. Assim, você terá mais tempo para identificar as dificuldades dos seus pacientes e encontrar uma forma de ajudá-los a superar esses obstáculos.

8. Atenda pacientes de todos os perfis com facilidade

Um bom software, por fim, deve ter uma ampla base de informações para ser capaz de facilitar o acompanhamento e a montagem de planos alimentares para diversos perfis de pacientes mulheres e homens, crianças e idosos, grávidas e lactantes etc. E sempre respeitando as preferências e necessidades nutricionais de cada um.

Alguns softwares, inclusive, facilitam a substituição de alimentos no plano dietético, facilitando a vida das pessoas que possuem muitos compromissos e pouco tempo para preparação das refeições, por exemplo.

Enfim, como vimos, a tecnologia veio para ser uma aliada; seu objetivo é facilitar as coisas. Então, não se deixe intimidar, e utilize tudo o que ela tem a oferecer para tornar a sua vida mais produtiva. Desfrute das oportunidades por ela apresentadas e conquiste seus pacientes!

E aí, gostou das nossas dicas para utilizar aplicativos de nutrição no atendimento dos consultórios? Ficou interessado pelas facilidades dos programas voltados para nutricionistas? Então, aproveite agora para fazer um teste gratuito do nosso software!

Você também vai gostar

Comentários